Nita-Dircksen---SC

Nita Dircksen - SC

Contatos:

Tel: 49 3245-0742 | Cel: 49 9983-5534

nitadircksen@hotmail.com

http://www.nitadircksen.com

01 - Mulheres no Campo - OST
02 - Retorno - OST
03 - Izumi - OST
04 - Raízes - OST
05 - Nossa terra - OST
06 - A cabana - OST
07 - Conflitos do Contestado - OST
08 - Colcha de retalhos - OST
09 - Última ceia - OST
10 - Natureza - OST

Galeria

01 - Mulheres no Campo - OST
01 - Mulheres no Campo - OST

Sobre

Olíria Maria Dircksen Melo nasceu em 28 de agosto de 1956, na cidade de Urubici, interior do estado de Santa Catarina. Quinta filha de uma família de sete irmãos, Nita, como é chamada desde muito pequena pelos seus pais Hermelino e Lídia Dircksen, teve uma infância regada de aventuras e sonhos.

Aos 18 anos de idade mudou-se para Florianópolis, capital do estado, quando ingressou na Universidade Federal de Santa Catarina, no curso de Filosofia. Casou-se aos 20 com o médico David Melo, com quem já namorava desde seus 15 anos. Dessa união resultaram três filhos e duas netas.

Sua vida como pintora teve início apenas em 1998, quando finalmente começa concretizar aquele velho sonho de infância, já que as intempéries da vida a mantiveram afastada de qualquer tentativa de desenvolver sua aptidão pela pintura.

Incentivada pelos filhos, que conheciam seu gosto pelas artes, Nita ingressou na Escola Claude Monet, na cidade de Curitibanos, Santa Catarina, onde reside desde 1982. A partir desse momento, fez vários cursos de aperfeiçoamento, com pintores brasileiros, mas principalmente manteve sua individualidade, seguindo seu próprio estilo. Eclética, já fez exposições individuais, coletivas, participa de sites estrangeiros, brasileiros e ilustrou capas de livros e revistas.

Na atualidade, além da dedicação à pintura, participa como voluntária num programa de iniciação artística para deficientes auditivos, ajudando-os a desenvolver uma sensibilidade que não é afetada pelos sons.
Na condição de pintora, presa pelo respeito à individualidade e ao estilo próprio de cada profissional, evitando comparações tendenciosas, pretende continuar evoluindo pelo caminho que vêm trilhando, com a mente e a sensibilidade abertas para novas realizações técnicas e experiências.